sábado, 26 de dezembro de 2009

Magno Malta invade território de Camata

Pelo andar da carruagem, a batalha eleitoral de 2010, não vai respeitar propriedade de ninguém.

O senador Magno Malta (PR) aterrisou em Marilândia ( reduto familiar do senador Gerson Camata), com recursos para melhorias no fornecimento de água e sistema de saneamento. Uma ajuda que, segundo o prefeito Geder Camata, vai mudar a vida no município.

A captação de água em Marilândia ainda é feita em manancial subterrâneo, tipo poço tubular profundo no Rio Liberdade, segundo mostra Malta em seu site. A água bruta é aduzida até a estação de tratamento com aplicação de cloro e flúor. O sistema possui uma elevatória que recalca água do tanque de contato para dois reservatórios com capacidade de 130 m³. A extensão da rede é de 11.615 metros.
“Com este investimento de 200 mil reais da emenda parlamentar de Magno Malta todos os habitantes da nossa região vão ser beneficiados” comemoroue o prefeito.

O projeto visa construir mais um reservatório de água e aumentar a atual rede com tubulações mais grossas em toda cidade. As obras serão administradas pelo serviço autônomo de água e esgoto da cidade e têm o aval da Fundação Nacional de Saúde.

“Agora já estamos construindo mais um reservatório aqui na cidade, mas existem bairros que precisam do encanamento para que a água chegue aos moradores e com este dinheiro vamos melhorar bastante o fornecimento de água na cidade” comemorou o presidente da Câmara de Vereadores de Marilândia Tenório Gomes.

C/ informações do site de Magno Malta

Pai de suposto terrorista avisou à Embaixada dos EUA

O pai do jovem acusado de tentar explodir o avião da Companhia Noroeste-Delta fez contato recentemente com a embaixada dos EUA na Nigéria para alertar sobre a radicalização de seu filho e que estava de planejando algo, segundo informa a CNN nesta noite.

Umar Farouk Abdulmutallab, que chegou a se licenciar em Engenharia em Londres, onde viveu em um apartamento de um bairro residencial, foi acusado formalmente de, na rota Amsterdam-Detroit, tentar fazer explodir o explosivo no avião (veja post no blog).

O pai do jovem, Alhaji Umar Mutallab, deixou recentemente a presidência do Primeiro Banco PLC da Nigéria, uma das grandes instituições financeiras do país. Segundo um membro da família, o pai fez contato há três meses com várias agências de segurança dos EUA e com a Embaixada Americana em Abuja, alarmado por uma mensagem de texto que recebeu do filho.

O jovem informava que abandonara o Centro Universitário e estava estudando em Dubai, para viver no Iêmen e iniciar uma nova vida, seguindo a chamada do Islã.

A informação do pai foi reenviada ao Centro Nacional contra o Terrorismo, e o nome do jovem introduzido na base de dados de suspeitos de terrorismo.

C / CNN e El Mundo

Some das bancas revista com senador de R$ 1 bilhão

Sucesso de vendas em Brasília a mais recente edição da revista IstoÉ, que traz reportagem sobre o homem de 1 bilhão de reais- o senador Gim Argello (PTB-DF).

Esta manhã, um grupo de pessoas saiu pelas bancas da cidade comprando todos os exemplares da revista. Os da livraria do aeroporto logo se esgotaram. Os de três bancas do Lago Sul também.

(Blog do Noblat)

O Blog: Conta outra! Os " leitores" compraram.

Ex-banqueiro diz que o filho tentou explodir avião nos EUA

Um conhecido ex-banqueiro nigeriano, Umaru Mutallab, disse na noite deste sábado (26) à agência de notícias France Presse que o homem preso por tentar explodir um avião americano que ia de Amsterdã para Detroit é seu filho.
"Estou recebendo telefonemas de todo o mundo sobre meu filho, que foi preso por tentar explodir um avião", afirmou Mutallab à AFP.

No momento da entrevista, ele se preparava para viajar de Funtua, onde vive, no estado de Katsina (norte), para a capital Abuja, onde seria interrogado por agentes de segurança.

"Estou realmente transtornado. Não gostaria de dizer nada neste momento, até que me acalme. Darei uma entrevista coletiva sobre este assunto na segunda-feira", disse Mutallab. "Fui chamado pela segurança nigeriana e estou indo a Abuja para responder ao chamado."

O nigeriano detido pelas autoridades americanas após tentar detonar explosivos no avião da Northwest Airlines, que viajava da Nigéria para os EUA com 278 passageiros, foi identificado como Umar Farouk Abdulmutallab, de 23 anos.

C/AFP

Personalidade 2009: The Times escolhe jovem morta pelo regime do Iran



O jornal britânico The Times escolheu como Personalidade do Ano a jovem iraniana morta durante as manifestações em Teerã após a reeleição do presidente Mahmud Ahmadinejad, em junho.

O Times afirma que Neda Agha-Soltan, 26 anos, se transformou em um "símbolo global da oposição à tirania" com as imagens que a mostravam sangrando até a morte durante os protestos da oposição, violentamente reprimidos pelo regime iraniano.

"Soltan se uniu ao protesto porque estava indignada com a forma como o regime havia 'roubado' a eleição presidencial", afirma o jornal na primeira página, que tem ainda uma fotografia dos manifestantes iranianos com faixas que mostram a jovem.

O regime dos aiatolás afirmou que a morte de Neda foi "preparada" para denegrir sua imagem e acusou a imprensa estrangeira de ter fabricado a informação".

Milhares de opositores saíram às ruas do Irã durante uma semana em junho para protestar contra a reeleição de Ahmadinejad e denunciar fraudes na votação.

As manifestações foram proibidas depois que o líder supremo do país, o aiatolá Ali Khamenei, deu apoio incondicional a Ahmadinejad.

O governo do Irã criticou em novembro a criação de uma bolsa de estudos em homenagem a Neda na Universidade de Oxford.

C/ Agência France Press
O Blog: Sinta a diferença: El País (Espanha) e Le Monde (França) escolheram Lula como Personalidade do Ano ( 2009). Lula, recentemente, recebeu o presidente do Iran no Brasil com honras de chefe de Estado, apesar dos protestos internacionais- de outros governos e organizações ligadas à defesa dos direitos humanos.

Capixaba Varejão brilha no Natal de Los Angeles

Por um motivo justo, o capixaba Anderson Varejão passou o Natal nos Estados Unidos. Seu Cleveland Cavaliers estragou a festa do Los Angeles Lakers, atual campeão da NBA.

Na noite do dia 25, sexta-feira, a equipe do Leste foi até a casa do rival, no Staples Center, e venceu por 102 a 87 com grande atuação de LeBron James e Mo Williams.

A vitória levou o Cleveland para a segunda posição da Conferência Leste, atrás apenas do Boston Celtics. O vice-líder soma 23 triunfos e oito derrotas. O Lakers, por sua vez, manteve a ponta do lado Oeste, mas deixou o Celtics alcançar a sua campanha, a melhor da temporada até então, com 23 vitórias e cinco derrotas.

A partida de sexta foi marcada pelo bom desempenho individual dos principais jogadores de cada equipe. Kobe Bryant marcou 35 pontos, pegou nove rebotes e deu oito assistências, apesar de ter enfrentado uma forte marcação da defesa do Cleveland.

"Defensivamente, Moon e Anthony Parker fizeram um trabalho inacreditável no Bryant. O que tentamos fazer foi construir uma parede ao redor dele, com diferentes jogadores", explicou LeBron James, ao final do confronto. "Foi um bom alerta para nós", concluiu Bryant.

Além de neutralizar o astro da equipe adversária, os visitantes contaram com atuação de gala da dupla LeBron e Mo Williams no ataque, com 28 e 26 pontos, respectivamente.

Varejão contribuiu com nove pontos, em 32 minutos em quadra.

C/ Reuters

Prefeituras pagam contas dos estados e União

As prefeituras brasileiras desembolsaram indevidamente, em 2008, pelo menos R$ 11,8 bilhões com o pagamento de despesas da União e dos Estados como, por exemplo, a manutenção de prédios da justiça, das polícias, do corpo de bombeiros, de unidades hospitalares, além do fortalecimento de transporte e merenda para escolas estaduais.
Segundo estudo do economista François Bremaeker publicado pela ONG Transparência Municipal, por falta de repasses dos órgãos devedores essas contas acabaram sendo assumidas pelos prefeitos, que ficam com receio de perder os serviços.
Paulo Ziulkoski, da Confederação Nacional dos Municípios, acredita, porém, que o valor total de gastos é três vezes superior aos R$ 11,8 bilhões, pois só na manutenção do Bolsa-Família, do governo federal, as prefeituras aplicam de R$ 4 bilhões a R$ 5 bilhões ao ano.
“Essa é uma criança que o presidente Lula pariu, mas quem cria, educa e paga suas despesas são os municípios”, diz Ziulkoski.
C/informações de O Estado de São Paulo

Pesquisa Datafolha; 40% dos brasileiros reprovam o Congresso

(Foto: o presidente do Congresso Nacional, senador José Sarney, protagonista de uma série de escãndalos em 2009)

A série de escândalos protagonizada por parlamentares em 2009 rendeu ao Congresso Nacional uma taxa de reprovação de 40%, segundo uma pesquisa Datafolha divulgada neste sábado.

O instituto ouviu 11.429 brasileiros entre os dias 14 e 18 de dezembro e constatou que o índice de avaliação negativa dos congressistas é só quatro pontos menor do que era em agosto, no auge da crise no Senado.

Apenas 15% dos entrevistados consideram o trabalho do Congresso ótimo ou bom. Outros 39% avaliam como regular o desempenho de deputados e senadores no país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.
O recorde de reprovação do Congresso no país se deu em 2005, em meio ao escândalo do mensalão. Na ocasião, a avaliação negativa atingiu 48%. O índice deste mês é 10 pontos superior ao registrado em março de 2007.

O Datafolha aponta ainda que o Congresso sofre maior reprovação, de 48%, entre entrevistados com renda familiar superior a cinco salários mínimos mensais. Esse índice é 14 pontos superior ao de entrevistados com renda mensal de até dois salários mínimos (34%). Nesta faixa, 18% responderam que o desempenho dos congressistas é ótimo/bom.

Ainda segundo a pesquisa, o Congresso é avaliado como ruim/péssimo entre 47% dos entrevistados com nível superior de escolaridade. Apenas 8% das pessoas nesse segmento apontaram o trabalho dos parlamentares como ótimo/bom.
Já entre os brasileiros com nível fundamental de escolaridade, a avaliação negativa do Congresso é de 36%, enquanto 17% afirmam que seu desempenho é ótimo/bom.
C/ Veja on line
O Blog: Um bom motivo para retirar o bode da sala. Basta trocar o Congresso através do voto.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Segurança do Papa não pode ser cem por cento

O incidente registrado na noite do último dia 24, em que uma mulher identificada como Susana Maiolo caiu sobre o Papa, durante a missa da meia-noite na Basílica de São Pedro, mais uma vez coloca sobre a mesa a questão da segurança do Papa.
Mas o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, tenta minimizar o incidente afirmando que "a segurança de Bento XVI não pode protegê-lo cem por cento, a não ser através da criação de um muro de separação entre o Papa e os fiéis".
"E isso é inconcebível, sabendo que o desejo dele é se aproximar das pessoas", enfatizou.
C/ El País

O senador de 1 bilhão de reais

História de evolução patrimonial de político sempre rende um caldo.
A IstoÉ da semana relata a ascensão do ex-corretor de imóveis, hoje senador Gim Argello (PTB-DF), cujo patrimônio cresceu 10 mil vezes em pouco mais de 25 anos.
Na primeira semana deste mês, o senador chegou à antessala da Presidência do Senado sorridente. E anunciou aos parlamentares do PMDB, entre os quais os senadores Renan Calheiros (AL) e Wellington Salgado (MG), a razão da felicidade: "Alcancei meu primeiro bilhão de reais ".

Aos 47 anos, Argello personifica O Milagre de Brasília. A capital federal não possui indústrias, multinacionais, nem de longe é o coração econômico do país. Mas é uma cidade onde a proximidade com o poder é usada como trampolim para os grandes negócios.

É o caso do senador do PTB, que depois do escândalo do mensalão do DEM, desponta entre os prováveis candidatos ao governo do Distrito Federal em 2010. À ISTOÉ, em rápida entrevista, Argello nega o que vem afirmando aos colegas senadores.

O senador iniciou uma carreira empresarial há 25 anos, como corretor de imóveis. Seu patrimônio não chegava aos R $ 100 mil, ou seja, 10 mil vezes inferior ao que alardeia hoje. Graças à bem-sucedida atividade de corretagem, multiplicou seus bens por três em menos de uma década.

Entretanto, foi com a política que o seu patrimônio cresceu de forma meteórica. Desde que foi eleito deputado distrital pela primeira vez em 1998, não parou de acumular bens. Em 2006, declarou à Justiça Eleitoral patrimônio que somava R $ 805.625,09.

Mas só a sua casa de 872 metros quadrados, na Península dos Ministros, área mais nobre de Brasília, próxima à residência de José Sarney (PMDB--AP), está avaliada em R $ 5 milhões.s

Segundo apurou ISTOÉ, o senador do PTB possui também rádios, jornais e uma franquia da Empresa dos Correios e Telégrafos no Setor Comercial Sul (SCS).

Dona de uma extensa carteira de clientes, a agência dos Correios, de acordo com especialistas do setor, ostenta um faturamento anual de cerca de R $ 100 milhões, o mais alto entre as 27 franquias da ECT no Distrito Federal.
C / IstoÉ

Senado norte-americano aprova novo embaixador para o Brasil

O Senado norte-americano aprovou o nome de Thomas Shannon como novo embaixador dos Estados Unidos no Brasil, segundo a BBC Brasil.
Até novembro, ele ocupou o cargo de subsecretário do Departamento de Estado para as Américas e foi indicado para a embaixada brasileira por Barack Obama, em maio.

O nome de Shannon foi aprovado quinta-feira (24). Dois vetos ao seu nome no Senado atrasaram sua confirmação no cargo por quase sete meses.
O primeiro foi do senador Jim DeMint, da Carolina do Sul, que criticou a atuação do então subsecretário em relação à crise política em Honduras. No início de novembro, DeMint retirou o veto, mas senador republicano George LeMieux, da Flórida, apresentou um bloqueio à indicação.
A nova razão para o veto era a posição de Shannon a respeito do regime cubano e em relação à atitude dos EUA quanto à crise em Honduras. LeMieux suspendeu o bloqueio à indicação no dia 17 de dezembro, após ter garantias de que Obama continuará apoiando a oposição cubana e retomará a emissão de vistos a cidadãos hondurenhos, suspensa após a deposição do presidente Manuel Zelaya.

Shannon já serviu em posições diplomáticas na Venezuela, África do Sul e em Brasília, onde foi assistente especial do embaixador dos EUA.
C/ a Agência Brasil

Recadastramento de armas termina dia 31


A Campanha Nacional de Recadastramento de Armas termina quinta-feira, dia 31 de dezembro de 2009. O recadastramento é obrigatório e gratuito e a Polícia Federal disponibilizou o número 0800 727 3040 para esclarecimento de dúvidas.

O recadastramento também pode ser feito em uma das 2 mil lojas especializadas e credenciadas, nas 6 mil agências dos Correios, nas unidades da Polícia Federal ou pelo site www.recadastramento.org.br. Desde o início da iniciativa, mais de três milhões de armas foram legalizadas no País.

Encerrada a campanha, donos de armas não recadastradas ficam sujeitos a detenção de um a três anos e pagamento de multa. Os documentos que devem ser apresentados no ato do recadastramento são cópia autenticada do RG, CPF, comprovante de residência e registro antigo da arma, se houver.

A arma não deve ser levada ao posto de recadastramento. De acordo com a legislação, todo cidadão brasileiro ou naturalizado, maior de 25 anos, tem o
direito de adquirir até seis armas de uso permitido.

C/ IstoÉ

Não oferece perigo

O Palácio Domingos Martins, sede da Assembléia Legislativa, na Enseada do Suá, passa por reforma emergencial a partir de segunda-feira (28) até 10 de janeiro.
A mesa diretora informa sobre a “ameaça concreta do rompimento das tubulações de combate a incêndio”, distribuídas por todas as áreas da Casa.
A providência pode ser justificada, mas a Assembléia capixaba, que não tem oposição, não pega fogo e dispensa bombeiros.

Menos radical

No show de gravação de seu especial de fim de ano na TV, Roberto Carlos estava todo de azul, como de costume, mas, salvo engano pela primeira vez, cantou com Calcinha Preta, o grupo do “você não vale nada, mas eu gosto de você”.

(Tutty Vasques- Portal Estado)

Roberto Carlos nesta sexta, forró na Globo


"Final de ano sem Especial de Roberto Carlos é como Natal sem panetone e peru", diz o Jornal da Tarde ao antecipar que a Globo leva ao ar nesta sexta-feira (25) após a novela "Viver a Vida" a apresentação gravada pelo rei no último dia 15, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.
Para encerrar o ano em que comemora 50 anos de carreira, Roberto apresenta suas clássicas canções e convidados díspares como Ana Carolina, Calcinha Preta e a atriz Dira Paes.

Sem citar as dores nas costas que fizeram a gravação ser adiada por quase uma semana, Roberto Carlos subiu ao palco com mais de uma hora de atraso, às 22h15, e sacou "Emoções" do repertório de 19 músicas que se seguiram.

Antes de apresentar a canção "Eu te Amo, te Amo, te Amo", disse: "Que prazer ver vocês mais uma vez em São Paulo, no nosso especial de fim de ano. Desde que eu nasci - e sei que faz muito tempo - gostaria de dizer outras coisas, mas vocês assim acabam me matando de amor."

A primeira convidada a entrar no palco foi Ana Carolina que cantou "Encostar na Tua" e "Como Vai Você". Roberto Carlos a apresentou como uma das artistas mais talentosas que conheçe.

Entre sucessos como "Além do Horizonte" e "A Mulher que eu Amo", Daniel interpretou "Estou Apaixonado" e "Quando Eu Quero Falar com Deus", a última com o Rei, que reverenciou Daniel como o cantor "mais do bem do Brasil".

Dira Paes, a Norminha da novela "Caminho das Índias", juntou-se ao cantor em "Cama e Mesa" e assistiu à entrada do grupo de forró Calcinha Preta com "Você Não Vale Nada".

"Eu colocaria o nome de Calcinha Azul", brincou o Rei. A trinca "Como é Grande o Meu Amor por Você", "É Preciso Saber Viver" e "Jesus Cristo" fechou a apresentação com a distribuição de rosas.

C/ informações do Jornal da Tarde

Governo Lula gasta R$ 697 milhões em passagens de ministros e servidores

Nesta sexta-feira (25) o jornal O Globo informa que o Governo Lula gastou este ano R$ 697.075.119,98 só com o pagamento de diárias para ministros e servidores públicos em viagens nacionais e internacionais, segundo levantamento oficial que ainda não inclui as despesas de dezembro.
De acordo com a reportagem, 36 ministros receberam, no total, R$ 924.376,45, sendo que o que mais gastou foi Edson Santos, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

Ele ganhou R$ 67.192,39. Nelson Jobim, da Defesa, ficou em segundo, com R$ 60.584,53.

Os gastos com diárias este ano são quase 30% maiores do que o total do ano passado, mas o pagamento da ajuda de custo para viagens nacionais só começou em julho deste ano, depois do escândalo investigado pela CPI do Cartão Corporativo, que derrubou a antecessora de Edson Santos, Matilde Ribeiro.
Até então, o governo só pagava diárias para viagens ao exterior. O ministro que menos recebeu foi Alfredo Nascimento, dos Transportes.

C/ o Blog do Noblat

Mulher na presidência?

A Casa Civil abriu uma licitação para contratar cabeleireiros e manicures que deverão trabalhar no Anexo 4 do Palácio do Planalto, em Brasília, informa o "Painel" da Folha",publicado nesta sexta-feira (25), editado por Renata Lo Prete.

De acordo com a reportagem, os contratos devem ocorrer em janeiro do próximo ano, e a ideia é selecionar, ao todo, quatro profissionais: dois cabeleireiros e duas manicures.

A lista de serviços previstos inclui maquiagem e depilação. Os profissionais de beleza custarão ao governo, ao todo, R$ 9.000 mensais.

O Blog: Sem comentários

Datafolha: Aécio é o líder dos governadores com 73%

O governador mineiro Aécio Neves (PSDB) foi listado como o mais popular em um ranking de governadores, segundo pesquisa realizada pela Datafolha divulgada nesta sexta-feira (25) pelo jornal 'Folha de S Paulo'. A sondagem do instituto avalia apenas administradores de dez estados. De acordo com a pesquisa, realizada entre 14 e 18 de dezembro, o mineiro conquistou média 7,5.
A pesquisa ouviu moradores de um dos 10 estados escolhidos para traçar a avaliação dos políticos. Entre os mineiros, Aécio teve seu governo considerado como ótimo ou bom por 73% dos entrevistados, enquanto 19% apontaram como regular e 6% julgaram péssimo ou ruim.

O governador Eduardo Campos (PSB), de Pernambuco, obteve a mesma pontuação de Aécio. Entretanto, ocupa o segundo lugar na lista: como critério de desempate, o instituto utilizou o índice de popularidade.

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), é o quinto no ranking, com nota 6,6. As piores avaliações tiveram José Roberto Arruda e Yeda Crusius (PSDB-RS), respectivamente em nono e décimo lugar.

Confira a avaliação: 1°Aécio Neves (PSDB)- Minas Gerais 7,5; 2º Eduardo Campos (PSB) Pernambuco 7,5; 3º Cid Gomes (PSB) - Ceará 6,7; 4º José Serra (PSDB) - São Paulo 6,6 ; 5ºLuiz Henrique da Silveira (PMDB) - Santa Catarina 6,5; 6ºJaques Wagner (PT) - Bahia 6,5;7º Roberto Requião (PMDB) - Paraná 6,4 ; 8º; Sérgio Cabral (PMDB) - Rio de Janeiro 6,1; 9º;José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM) - Distrito Federal 4,8; 10° Yeda Crusius (PSDB) - Rio Grande do Sul 3,9.
C/ Folha

EUA ainda pedem 28 crianças ao Brasil

Como o menino Sean , que embarcou quinta-feira (24) com o pai, David Goldman, para os Estados Unidos, outras 54 crianças que viviam no Brasil afastadas de seus pais foram devolvidas ou houve acordo entre as partes entre 2003 e 2009.

No caminho inverso, 22 crianças que estavam irregularmente no exterior tiveram sua situação regularizada no mesmo período.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, nesta sexta-feira ( 25) Brasil e Estados Unidos devolveram a mesma quantidade de menores: sete crianças - incluindo Sean - retornaram para os dois países ou houve acordo entre as partes. Os Estados Unidos, porém, ainda pedem o retorno de 28 crianças, enquanto o Brasil aguarda a devolução de 11.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Oposição quer cassar mandato do relator do Orçamento 2010


A oposição vai tentar impedir que o presidente do Congresso Nacional, José Sarney (PMDB-AP), encaminhe o Orçamento de 2010 para sanção do presidente Lula.

O líder do DEM na Câmara, Ronaldo Caiado (GO- foto), acusa o relator da proposta orçamentária, Geraldo Magela (PT-DF), de descumprir o acordo fechado que permitiu a aprovação do texto e quer ajustes na matéria antes que ela seja enviada ao Executivo.

Segundo Caiado, Magela encaminhou um ofício para a Comissão Mista de Orçamento determinando que, para a redação final da proposta, fossem canceladas as emendas de investimento reservadas para as cidades que vão receber a Copa do Mundo de 2014 --que totalizam R$ 1,2 bilhão.

Para o líder do DEM, o petista lança mão de uma manobra para favorecer "a base eleitoral governista". Caiado disse que o entendimento fechado para a votação do texto estabelecia que seriam canceladas todas as emendas de investimentos assinadas pelo relator. O democrata sustenta que os recursos seriam redistribuídos proporcionalmente para as 27 bancadas.

Caiado vai pedir que Sarney destitua Magela da relatoria e escolha um outro relator para costurar o texto final. O líder do DEM ainda vai sugerir na próxima reunião da Executiva do seu partido, em fevereiro, que a legenda encaminhe um pedido de cassação do mandato do petista por quebra de decoro parlamentar.

"Nós verificamos as notas taquigráficas e o texto é claro. O relator se comprometeu a cancelar todas as suas emendas de investimentos e agora quer dar um golpe", disse.

O relator disse que a pressão da oposição durante a votação do Orçamento provocou uma perda de cerca de R$ 800 milhões para Estados que vão receber a Copa de 2014.

Com a exigência dos líderes oposicionistas, do R$ 1,2 bilhão reservado para as 12 cidades que vão sediar o mundial, sobrariam apenas R$ 400 milhões, que, apesar de estarem incluídas nesse tipo de emendas, previam ações em outras áreas, como segurança.

"Como identificamos o crime que ele queria cometer de transformar o orçamento em peça eleitoreira para irrigar a base eleitoral do governo, ele quer jogar a população contra as oposições. Mas, agora, descobrimos que, na verdade, quem está errado é ele", disse Caiado.

O Orçamento de 2010 foi aprovado na noite da última terça-feira faltando meia hora para o início do recesso parlamentar. O texto nem chegou a ser votado pela Comissão Mista de Orçamento e seguiu diretamente para o plenário por receio dos governistas de que não houvesse tempo para finalizar a votação até o prazo, o que poderia levar o último orçamento a ser executado pelo governo Lula a ser analisado apenas no final de fevereiro.

C/ Folha on line
O Blog: Esse Orçamento 2010, aprovado no apagar das luzes do Congresso, reduziu de R$1 bilhão para pouco mais de R$ 250 milhões (veja post no blog) os recursos destinados ao Espírito Santo.

Mulher derruba o papa Bento XVI durante a Missa do Galo

O incidente ocorreu minutos antes da Missa do Galo. O Vaticano informou que uma mulher pulou as barreiras da Basílica de São Paulo e derrubou o papa Bento XVI, que se dirigia ao altar pelo corredor principal da igreja.

O padre Ciro Benedettini disse que o papa se levantou rapidamente e não sofreu nenhum ferimento. Bento XVI, 82, continuou calmamente o seu percurso até o altar e deu início à Missa do Galo. Segundo Benedettini, a mulher que empurrou o papa parecia estar perturbada e foi presa pela polícia do Vaticano. Além do papa, o cardeal Roger Etchegaray também foi derrubado, e foi levado para o hospital para um check-up.

C/ Reuters

Madoff,agredido na prisão, recebe alta hospitalar

Bernard Madoff, o autor de uma das maiores fraudes da história dos Estados Unidos, já regressou à prisão onde cumpre pena, na Carolina do Norte, depois de ter estado hospitalizado cinco dias no hospital por causa de uma agressão.
Registrado na Penitenciária Federal de Butner com o número 61727-054, foi transferido para o hospital da prisão no último dia 18, segundo informou na quarta-feira o porta-voz dos serviços prisionais norte-americanos, que se recusou a esclarecer as causas da hospitalização.

Conforme noticiou nesta quinta-feira( 24) a cadeia de notícias ABC, Madoff, de 71 anos, foi objecto de uma agressão na prisão, que lhe causou fraturas no rosto e nas costelas, e que lhe provocou o aparecimento de uma complicação nos pulmões, pelo que foi internado na semana passada no centro hospitalar da prisão onde cumpre pena, tendo recebido alta na terça-feira (22).

C/ outros

Ameaçada por ditador, Nestlé fecha fábrica em Zimbábue


A multinacional Nestlé (dona da fábrica de chocolates Garoto no Espírito Santo) suspendeu suas atividades no Zimbábue após ter recebido ameaças pela decisão de deixar de comprar leite da fazenda da primeira-dama do país, Grace Mugabe, mulher do ditador Robert Mugabe ( foto), informa a imprensa local.

A Nestlé-Zimbábue decidiu fechar temporariamente suas fábricas", anunciou ao jornal zimbabuano "The Herald" um porta-voz da empresa no Quênia.

A Nestlé parou de comprar o leite da fazenda de Grace Mugabe em outubro passado, depois que organizações de defesa dos direitos humanos disseram que promoveriam um boicote internacional aos produtos da multinacional caso ela mantivesse seus negócios com a primeira-dama.

A propriedade de Grace Mugabe, localizada no distrito de Mazowe, ao norte da capital Harare, pertencia a fazendeiros brancos e foi ocupada em 2001, após a reforma agrária imposta pelo presidente zimbabuano --e responsabilizada pela crise econômica na qual o país vive.

Os ativistas se referem ao leite das fazendas de Grace como "o leite de sangue", dadas as incontáveis violações aos direitos humanos cometidas por Mugabe desde que chegou ao poder, há 29 anos.

Os seguidores de Mugabe, por sua vez, reagiram à decisão da Nestlé de fechar suas fábricas acusando a multinacional de impor sanções contra "a primeira família do Zimbábue".

Segundo vários relatos, pessoas ligadas a Mugabe e ao Grupo Ação Afirmativa, vinculado ao partido do presidente, estiveram nos escritórios da Nestlé no Zimbábue para tentar forçar a empresa a continuar comprando o leite produzido pela fazenda da primeira-dama.

"Se não querem apoiar as empresas locais, azar o deles", chegou a declarar o ministro Saviour Kasukuwere.

C/Notícias Agrícolas/ Folha on line

Viver a vida

Entre o Natal e o Réveillon, Aécio Neves vai rodar o litoral nordestino. Não em campanha. Mas andando de motocicleta com amigos.

(Por Lauro Jardim/ Veja on line)

Hillary Clinton agradece ao Brasil retorno de Sean

Em nota divulgada pela Embaixada Americana no Brasil, a secretária de Estado, Hillary Clinton, agradeceu a cooperação do governo brasileiro para o retorno do garoto Sean Goldman aos Estados Unidos.
Ela disse que o país cumpriu “suas obrigações com as regras da Convenção de Haia sobre Sequestro Internacional de Crianças”. Hillary declarou ainda que está muito “entusiasmada” com o retorno de Sean e manifestou “sinceros votos a pai e filho neste momento em que celebram as festas de final de ano juntos pela primeira vez em cino anos".
C/Agência Brasil

Tiroteio contra a carga tributária

O ano de 2010 começará com a batalha das empresas contra o aumento da carga tributária.
A Confederação Nacional da Indústria recomenda a todas as federações, associações e empresas do país a entrarem com ação na Justiça contra a mudança da forma de cálculo do Seguro de Acidentes de Trabalho (SAT), que significa elevação de até 60% no tributo.
Segundo advogados empresariais, a mudança determinada pelo Ministério da Previdência eleva o custo da folha de pagamentos de mais de 800 mil empresas e até de entidades de representação profissional, como a OAB e classistas empresariais, como a própria CNI. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.
C/ o Consultor Jurídico

Decreto regulamenta licença-maternidade de seis meses

A regra que estabelece o Programa Empresa Cidadã e prorroga por 60 dias a duração da licença-maternidade de quatro meses prevista na Constituição Federal foi publicada quarta-feira (23). De acordo com o decreto, a empresa que aderir ao programa poderá deduzir do imposto devido, em cada período de apuração, o total da remuneração da empregada pago no período de prorrogação de sua licença-maternidade.

O Decreto também prevê a prorrogração do benefício para casos de adoção, estabelecendo o prazo de 60 dias para crianças de até um ano, 30 dias para crianças de um ano até quatro anos de idade completos e por 15 dias quando se tratar de criança de quatro a oito anos de idade.

C/o Consultor Jurídico

Rodízio de Natal

Papai Noel e a Polícia Federal estão acertando os ponteiros para não se encontrarem hoje à noite na chaminé da casa de José Roberto Arruda.

(P/Tutty Vasques- Portal Estado)

Lula é "O homem do ano de 2009" do Le Monde


O jornal francês Le Monde escolheu o presidente Lula como "o homem do ano de 2009", na primeira vez em que o prestigiado diário de Paris decidiu fazer esse tipo de indicação.

Para justificar sua escolha, o Monde afirma que levou em conta a "trajetória singular de Lula".

"Por sua trajetória singular de antigo sindicalista, por seu sucesso à frente de um país tão complexo como o Brasil, por sua preocupação com o desenvolvimento econômico, com a luta contra as desigualdades e com a defesa do meio ambiente, Lula bem poderia ter merecido… o mundo."

É a primeira vez em seus 65 anos de história que o Le Monde decide designar uma personalidade do ano. O jornal afirma que tentou fugir das escolhas mais óbvias, como o presidente americano, Barack Obama - até porque, diz o diário, Obama "foi mais homem do ano de 2008 que de 2009".


A escolha de Lula prevaleceu também sobre nomes que o diário chamou de "personalidades negativas", como o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin (que tenta "reconstruir o império soviético", nas palavras do jornal), e o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad (que, para o diário, "desafia o Ocidente").

"Desde sua criação, o Monde, marcado pelo espírito de análise do seu fundador, Hubert Beuve-Méry, pretende ser um jornal de (re)construção, senão de esperança; veicula a sua maneira uma parte do positivismo de Auguste Comte, toma partido dos homens de boa vontade", argumenta o diário.

"Nossa escolha de razão e coração recai sobre o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva."

É a segunda homenagem de um meio de comunicação europeu ao presidente Lula neste mês. No dia 11, ele foi escolhido pelo jornal espanhol El País uma das cem personalidades mais importantes do mundo ibero-americano em 2009.

Em um perfil assinado pelo próprio primeiro-ministro da Espanha, José Luis Zapatero, Lula foi classificado de "homem que assombra o mundo", "completo" e "tenaz". "Por (Lula) sinto uma profunda admiração", escreveu o premiê espanhol.

C/BBC Brasil

Menino Sean embarca para NY em avião particular

Sean embarca em avião particular para os Estados Unidos Nielmar de Oliveira Repórter da Agência Brasil

O menino Sean Goldman, de 9 anos, já está em companhia do seu pai, o americano David Goldman, com quem embarca para os Estados Unidos em voo particular.
David chegou ao Consulado norte-americano, no Rio de Janeiro, por volta das 7h30 e às 8h30 Sean foi entregue pelo padrasto, Paulo Lins e Silva, pela avó materna e pelo advogado da famlía.
Por volta das 9h50, o menino e seu pai deixaram o Consulado, em dois carros, seguindo para o Aeroporto Internacional Tom Jobim.

A entrega de Sean ao seu pai ocorreu por determinação do presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, desembargador Paulo Espirito Santo, que deu prazo até as 9h desta quinta-feira para que Sean fosse entregue ao Consulado dos Estados Unidos.
Houve tumulto em frente ao Consulado devido ao grande número de pessoas e jornalistas que acompanharam a entrega do menino. O pai entrou pela garagem dos fundos, a família do menino porém, preferiu que a criança entrasse pela porta da frente.
C/ Agência Brasil

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Vale espera produzir 300 mi de toneladas de minério em 2010


A Vale deve produzir cerca de 300 milhões de toneladas de minério de ferro em 2010, impulsionada pela recuperação da demanda, afirmou o presidente da mineradora, Roger Agnelli, nesta quarta-feira (23).

Em 2009, a produção da Vale caiu em torno de 30 milhões de toneladas em relação a 2008, porque a demanda internacional foi atingida pelo agravamento da crise global. Em 2008, a maior mineradora de ferro do mundo havia produzido 300 milhões de toneladas.

"Em 2010 nós vamos trabalhar, eu acredito, em plena capacidade, em limite de produção da Vale de cerca de 300 milhões toneladas", disse Agnelli a jornalistas após evento em São Paulo. "Em 2009, nós perdemos tranquilamente cerca de 30 a 40 milhões de toneladas." Ele disse, no entanto, que a recuperação econômica foi mais robusta em algumas regiões do que em outras.

No início deste mês, Agnelli previu que os preços do minério de ferro poderiam aumentar em 2010 ante os níveis deste ano, sustentados principalmente pela forte demanda da China. " O ano de 2009 foi meio atípico. No começo do ano nós reduzimos a capacidade de produção e nos últimos 5 meses nós reativamos essa capacidade", disse Agnelli.

C/ o portal Exame

Concorrência

Em Cachoeiro de Itapemirim não se fala noutra coisa.
Com essa mania de dirigir para o deputado federal e empresário Camilo Cola, dono da Viação Itapemirim, toda vez que visita o município, o governador Paulo Hartung está colocando em pânico os motoristas da empresa.
Vai que no fim do mandato ele resolva optar por outro tipo de emprego. Já tem o aval do chefe, né não?

Os números são outros, mas a disposição...

Michael Schumacher que voltará a ocupar o cockpit de um Fórmula 1, correndo pela Mercedes, completa 41 anos no próximo dia 3 de janeiro.
Seu contrato de três anos com a Mercedes, de cerca de 7 milhões de euros por ano, representa um quinto do seu salário ao se aposentar provisoriamente, em 2006.
O retorno do corredor foi anunciado nesta quarta-feira (23/12) pelo alemão e pelo vice-presidente da equipe Mercedes Motorsport, Norbert Haug, em uma coletiva.
C/ DW

ES ainda tem 500 presos em microondas

Em entrevista à CBN Vitória nesta quarta-feira (23) o secretário estadual de Justiça Ângelo Roncalli disse que ainda mantém pelo menos 500 presos em contêineres no Estado.
O fim do microondas- como é tratado esse tipo de prisão- foi exigido pelo Conselho Nacional de Justiça que considerou as estruturas inadequadas para abrigar pessoas. A adoção do recurso já provocou um pedido de intervenção no Estado este ano.
Na entrevista, Roncalli disse que fez um acordo com o CNJ e espera desativar totalmente os módulos provisórios em agosto de 2010. Ele chegou a dizer que essa modalidade de prisão é usada em vários países e funciona bem no Brasil, citando como exemplo Santa Catarina.
C/ Gazeta on line

Gilmar Mendes manda soltar médico Roger Abdelmassih


O presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, determinou na noite desta quarta-feira ( 23), a libertação do médico Roger Abdelmassih. Um dos principais especialistas em reprodução assistida do país, Abdelmassih está preso, desde agosto, sob acusação de crimes sexuais contra 56 pacientes e manipulação genética, inclusive de um casal do Espírito Santo.

Gilmar Mendes concluiu que não havia mais motivos para manter o médico preso porque o pedido de prisão foi feito da seguinte forma: ou prendê-lo ou proibi-lo de exercer a medicina. Como o registro dele no Conselho Regional de Medicina foi suspenso, não há motivos, segundo presidente do STF, para mantê-lo preso porque ele não tem mais como exercer mais a medicina.

O advogado do médico, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, sustentou exatamente isso. Disse que o argumento para a decretação da prisão de Abdelmassih não existe mais. Ele também alegou que o médico é primário, tem bons antecedentes, residência fixa e é um profissional renomado e de reputação ilibada.

O Ministério Público apura denúncia contra o médico envolvendo manipulação genética de um casal do Espírito Santo. Há 15 anos, segundo o programa Fantástico da TV Globo, um casal que mora no Estado fez um tratamento na clínica do médico. A mulher engravidou e teve gêmeos. O homem garante que não autorizou o uso de outro sêmen, mas, geneticamente, os filhos não são dele.

Um exame de DNA revelou que os gêmeos, hoje adolescentes, são filhos biológicos apenas da mulher. Segundo o exame, eles são filhos de pai desconhecido.
C/ Agência Estado e Fantástico

Lula: "Pobre é bom para ver em filme"

"Todo mundo quer feira, mas não na porta de casa. Todo mundo quer ponto de ônibus, mas não na porta de casa. Pobre é bom para ver em filme” disse o presidente Lula nesta quarta-feira (23) na confraternização dos catadores de papel e moradores de rua, em São Paulo.
No evento, ele anunciou a compra de 25 imóveis vazios do INSS para a população de baixa renda. Para o presidente, o problema da moradia nos grandes centros é político e reflete a resistência de parte da sociedade à convivência com as pessoas mais pobres.

Cilada

"Tem gente tentando antecipar o processo eleitoral, tirando-me do foco do Governo de São Paulo, mas eu não caio nessa"
(Frase de José Serra, PSDB, virtual candidato à presidência República)

OGX, de Eike, acha 2 bilhões de barris em poço

A OGX de Eike Batista informou nesta terça-feira (23) sobre o encontro no poço OGX-2A, conhecido como Pipeline, um volume total recuperável entre 1 bilhão e 2 bilhões de barris de óleo equivalente (boe), de acordo com comunicado enviado ao mercado.
O anúncio foi feito após a finalização da perfuração no poço, situado no bloco BM-C-41, em águas rasas da bacia de Campos, onde a empresa encontrou indícios de hidrocarbonetos em cinco diferentes reservatórios (eoceno, cretáceo superior, albiano, aptiano e barremiano).
"Com base nas informações obtidas na perfuração do poço, associadas à interpretação dos dados sísmicos 3D, a OGX estima um volume total de óleo recuperável para todos os reservatórios entre 1 e 2 bilhões de barris", declarou a empresa em nota.
A finalização dos trabalhos no poço permitiu que a empresa elevasse as estimativas de petróleo para o local - quando a OGX terminou os trabalhos no segundo reservatório de Pipeline, havia estimado um volume entre 400 e 500 milhões de barris de óleo equivalente.
Análises preliminares também indicam óleos mais leves nos reservatórios mais profundos, destacou a empresa sobre os testes realizados em Pipeline.
"O poço OGX-2A nos permitiu confirmar o vasto potencial petrolífero da parte sul da bacia de Campos e acreditamos que esta região se tornará um importante pólo produtor de petróleo no Brasil", comentou Paulo Mendonça, diretor-geral da OGX.
C/ Portal Exame

Lula assina MP que aumenta o mínimo para R$ 510

O presidente Lula assinou hoje (23) a medida provisória (MP) que aumenta o salário mínimo de R$ 465 para R$ 510 a partir de 1º de janeiro. Em 2011, segundo a MP, o salário mínimo será reajustado segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2010 mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de 2009, se for positivo.
A MP será publicada quinta-feira (24) no Diário Oficial da União.

TRF:S. deve ser entregue ao pai até as 9 h do dia 24

O presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), desembargador federal Paulo Espirito Santo, determinou que o menino SG seja entregue voluntariamente até as nove horas da manhã do dia 24 de dezembro no Consulado dos Estados Unidos, no Rio de Janeiro.
A ordem atende à determinação do presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, que suspendeu liminar do próprio Supremo. Na quarta-feira, 16 de dezembro, a 5ª Turma Especializada do TRF2 havia julgado apelação cível apresentada pela família brasileira, na qual determinou a entrega do menor ao pai em 48 horas. A ordem fora suspensa pelo STF através de liminar. Na terça ( 22) o ministro Gilmar Mendes determinou o restabelecimento da decisão do TRF2.
C/ o TRF

Eros Grau sai antes


Ancelmo Gois, de O Globo, informa que o que se diz nos gabinetes do Supremo Tribunal Federal (STF) é que o ministro Eros Grau antecipou para fevereiro a sua aposentadoria. A Rádio Corredor do STF dizia nesta terça-feira (22) que o ministro teria até despachado seu carro para São Paulo.

Família brasileira desiste de brigar por Sean

Sérgio Tostes, advogado da família da mãe de S., admitiu hoje que não há mais nada a fazer para manter o menino de 9 anos no Brasil. Com essa decisão, a criança poderá ser entregue a qualquer momento ao pai biológico, David Goldman, que está hospedado no Hotel Marriott, em Copacabana, na zona sul do Rio do Janeiro.
Segundo o advogado, o padrasto, João Paulo Lins e Silva, e a avó, Silvana Bianchi, admitem a derrota e "querem uma transição harmoniosa para zelar pelo bem do menino".

O presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, cassou a liminar impetrada pela avó, Silvana Bianchi - e concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello -, que permitia que o menino ficasse no País até a Justiça julgar o pedido para que ele fosse ouvido.
C/ Último Segundo

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Gilmar Mendes manda entregar garoto Sean ao pai americano

O presidente do STF, Gilmar Mendes, cassou nesta terça-feira (22) a liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello e determinou a entrega do menino Sean ao pai biológico David Goldman (foto)imediatamente.
A decisão foi tomada depois que Goldman e a Advocacia Geral da União apresentaram, na semana passada, dois mandados de segurança com pedido de liminar, questionando a decisão de Mello, que havia determinado a permanência do menino no Brasil.
A guarda de Sean, de 9 anos, é disputada desde a morte da mãe do menino, Bruna Bianchi, no ano passado. A questão envolve o pai norte-americano, que chegou ao Brasil na semana passada, e o padrasto, o advogado João Paulo Lins e Silva, com quem o menino vive no Rio de Janeiro.
Na semana passada, o TRF do Rio de Janeiro determinou que a guarda de Sean deveria ficar com o pai biológico e que o menino deveria retornar aos EUA em 48 horas após a decisão. No entanto, uma liminar do STF foi concedida no dia seguinte em favor da família brasileira da criança, impedindo o retorno do menino aos Estados Unidos com o pai - decisão esta, agora cassada.
C/Agência Estado

Congresso aprova último Orçamento do Governo Lula


A votação do Orçameto da União para 2010 foi definida pelo Congresso Nacional meia hora antes do apagar das luzes do ano legislativo. Começou às 22 horas e terminou quase à meia-noite, quando expirou o prazo para que se realizasse. Nesta quarta-feira, o Congresso entrou em recesso.
Este é o último orçamento a ser executado pelo Governo de Lula. A proposta orçamentária prevê R$ 151,9 bilhões para investimentos públicos, R$29,9 bilhões para as obras do PAC, além da estimativa de crescimento de 5% do PIB. A matéria segue para a sanção do presidente da República.

A preocupação do Governo era garantir recursos no ano eleitoral para obras consideradas prioritárias do PAC e da Petrobrás. O programa recebeu para o ano que vem uma reserva de R$ 2 bilhões a mais do que no orçamento de 2009. Os líderes governistas conseguiram reverter o bloqueio de verba para quatro obras da estatal incluídas na lista de irregularidades graves encaminhadas ao Congresso pelo TCU.

Antes da votação, a direção da Petrobrás em oficio à comissão pediu a liberação dos recursos para as obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, para o complexo petroquímico do Rio de Janeiro, para a modernização da refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná, e para o terminal de escoamento no Espírito Santo.

O Congresso aprovou a suspensão de repasse por irregularidades para 20 obras do Governo Federal, seis do PAC. A lista do TCU defendia o bloqueio de 42 empreendimentos, com irregularidades graves. O relator do orçamento, Geraldo Magela (PT-DF), minimizou a redução do bloqueio de repasses porque, segundo ele, não há a liberação dos recursos automaticamente.

Segundo o relator, as obras com repasses suspensos têm uma brecha para voltar a ter dinheiro em 2010. Os responsáveis pelas obras bloqueadas terão que entregar, em fevereiro, ao TCU, novos relatórios sobre correção das irregularidades e o Congresso pode aprovar créditos suplementares para dar continuidade aos projetos.
A aprovação do orçamento foi marcada por um embate entre governo e oposição em torno da uma nova estimativa de arrecadação para 2010, apresentada nas últimas horas e que acrescentou mais R$ 3,8 bilhões à proposta. Os recursos foram incluídos nas emendas de investimento que são elaboradas pelo relator. A oposição colocou sob suspeita as emendas do petista.

Com a ameaça da oposição de adiar a votação do orçamento para fevereiro, Magela cedeu e repassou os recursos para as emendas de bancada. Sob pressão dos oposicionistas, o relator recuou em relação à autorização para o governo administrar os recursos do PAC. Atendeu em parte a reivindicação da oposição e diminuiu de 30% para 25% a margem para que o Executivo mexa na verba do PAC sem amarras. A oposição defendia que esse índice ficasse em 10%.

Esse ponto provocou o enfrentamento de governo e oposição na Comissão Mista de Orçamento. Sem conseguir fechar um acordo sobre esse ponto durante as discussões na comissão, o presidente do colegiado, senador Almeida Lima (PMDB-SE), lançou mão do regimento e encaminhou o relatório final para votação direta em plenário.

"Esses 30% do PAC dá mais de R$ 9 bilhões e o governo poderia remanejar como quiser em um ano eleitoral sem ouvir o Congresso. O máximo que podemos aceitar é 10%", disse o líder do DEM na Câmara, Ronaldo Caiado (GO).

No texto, os parlamentares também encontraram uma forma de evitar que o governo cancele as emendas de bancadas --cada uma no valor de R$ 9 bilhões-- que também são destinadas para obras nos Estados. Na proposta, foi fixado um dispositivo impedindo que o Executivo cancele 50% das emendas de bancada.

Há previsão apenas para o contingenciamento, o que permite que o dinheiro seja liberado quando a arrecadação melhorar. Após a aprovação da proposta orçamentária, o governo costuma anunciar contingenciamento de parte das emendas de bancadas, além do cancelamento.

Para o orçamento de 2010, o parecer do petista estabelece R$ 12,5 milhões para as emendas individuais dos 81 senadores e 513 deputados. As emendas são utilizadas por muitos congressistas para promoção pessoal nos Estados. Pela proposta, cada parlamentar poderá apresentar até 25 emendas com sugestões de aplicação de recursos em suas bases eleitorais. Não há garantia de que os recursos serão pagos.

De acordo com a proposta, as estatais responderão por 62% do total reservado para investimento. Dentro do orçamento fiscal e da seguridade, o montante de investimentos será de R$ 57,5 bilhões --contra R$ 54,5 bilhões previstos para 2009.

C/ Folha on line

Congresso tem duas horas para votar Orçamento

Começa sessão do Congresso para votação do Orçamento de 2010.

Deputados e senadores têm menos de duas horas para entrar em acordo e votar a matéria, do contrário, o projeto deverá ficar para votação apenas no ano que vem (2010), já que o Congresso entra oficialmente em recesso legislativo a partir desta quarta-feira (23).


A sessão está sendo presidida pelo 1º secretário da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS). Na reunião encerrada há menos de uma hora na Comissão Mista de Orçamento (CMO) não houve acordo entre governo e oposição para votação do parecer do relator, deputado Geraldo Magela (PT-DF).

O presidente da CMO, senador Almeida Lima (PMDB-SE), então, encaminhou o texto do Orçamento diretamente para a mesa do Congresso. O impasse se deu porque o líder do DEM na Câmara, deputado Ronaldo Caiado, comunicou que a oposição não aceitaria o remanejamento de até 30% das verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), como pretendia o governo.

C/ Agência Senado

O Blog: A votação começou às 22 horas desta terça-feira (22). O recesso começa dentro de duas horas. Assim é o Brasil: os parlamentares votam em duas horas o projeto que definirá o destino de toda a população no ano que vem.

Prêmio de consolação

O Orçamento da União para 2010 aumentou de R$ 172 milhões para R$ 215 milhões o total destinado a investimentos no Espírito Santo. O Estado pediu R$ 1 bilhão.

A informação é dada pelo portal Agência Congresso, de Brasília, focado na cobertura da bancada capixaba, na noite desta terça-feira (22).

Orçamento da União será votado na marra

O presidente da Comissão Mista de Orçamento, senador Almeida Lima (PMDB-SE), decidiu há pouco ( são 21h16 de terça-feira/21) levar para o plenário do Congresso a votação da proposta orçamentária de 2010, sem que fosse votada pela Comissão. Com isso, o debate e a apresentação dos destaques também foram remetidos para o Congresso.
A decisão foi tomada por falta de entendimento com o DEM e pela escassez de tempo para que a proposta seja votada tanto na comissão quanto no Congresso.
Em instantes, os deputados e senadores vão se dirigir ao Plenário da Câmara para discutir a proposta orçamentária.
A decisão do senador teve o apoio do líder do governo na comissão, deputado Gilmar Machado (PT-MG), e dos partidos da base governista (PTB, PP, PMDB, PR e PT).
C/ Agência Câmara

Brincadeirinha

Amigos de Aécio Neves estão tratando de liberar o governador de Minas Gerais do compromisso que assumiu num jantar para poucos no restaurante carioca Sushi Leblon, no Rio, em setembro.

Na ocasião regada a saquê, o tucano prometeu sair às ruas de Belo Horizonte vestido de miss, se um dia aceitar compor a chapa puro-sangue como vice de José Serra.

c/ Turry Vasques/ Portal Estado

Às vésperas dos 80 anos, Sílvio Santos vira filme


No dia 12 de dezembro de 2010, Silvio Santos, o dono do SBT, completará 80 anos. Como presente, vai ganhar um filme sobre sua vida - e o tom da obra ficará em algum ponto entre o épico e o dramático.
A obra está nas mãos do produtor artístico Carlos Augusto de Oliveira - irmão de José Bonifácio de Oliveria Sobrinho, o Boni, ex-diretor-geral da Rede Globo.
Guga de Oliveira, como Carlos Augusto é conhecido, recebeu consentimento verbal para o roteiro de 400 páginas, que vai contar como um camelô se tornou um dos mais bem-sucedidos homens de negócios e entretenimento do país. Mas aguarda a aprovação formal para as filmagens.
O longa será baseado no livro A Fantástica História de Silvio Santos, do jornalista Arlindo Silva. Porém, deve se deter a trechos menos conhecidos da biografia. "Vou dar prioridade às amizades de Silvio com os intelectuais da Lapa antiga, no Rio, e a detalhes sobre a perda da primeira esposa, Cidinha", adianta o diretor.
Com o orçamento previsto do filme é 10 milhões de reais, o produtor precisará de aporte financeiro expressivo, o que significa contar com o apoio de distribuidoras internacionais, como a Universal e a Fox. "Essas empresas exigem um documento formal que prove que Silvio Santos está ciente do filme e concorda com sua produção. Já enviei o material ao departamento jurídico da empresa dele: tudo o que falta é a assinatura." diz Guga.
O filme terá locações internacionais, na Grécia, França e Estados Unidos. Há dois anos, Edson Celulari foi sondado para o protagonista adulto. Na época, aceitou, mas ainda será confirmado se mantém o compromisso.
Ivete Sangalo poderá interpretar Marlene, rainha do rádio; Hebe Camargo interpretará ela mesma: Carlos Alberto da Nóbrega fará o papel do pai, Manoel da Nóbrega; o filho de Chico Anísio, Bruno Mazzeo, deverá interpretar o pai [Chico e Silvio disputavam um lugar na rádio quando tinham 20 anos - e Silvio foi o vencedor].
Para criar uma expectativa maior em torno do filme, po produtor pensa em realizar testes com atores mirins para o papel de Silvio garoto. Seria um plano de marketing interativo, em que o público votaria no melhor ator.
O foco é a biografia do Silvio, mas o pano de fundo será a história do país nos últimos 80 anos - citando a era de ouro do rádio e o nascimento da televisão. Serão reconstruídos cenários, como o Cassino da Urca. Mas o filme começa com um flashback biográfico: o pai de Silvio na Grécia, na época em que era jornaleiro; sua ida a Marselha (França), onde trabalhou como camelô; sua vinda para o Brasil, onde montou uma lojinha na Lapa do Rio, no finalzinho dos anos 1920.
C/ Informações Veja Online

Para Lula, regras do pré-sal dependem apenas do Congresso

O presidente Lula minimizou a demora do Congresso em aprovar o marco regulatório para a exploração do pré-sal. Para Lula, a questão está completamente nas mãos de deputados e senadores e não cabe ao presidente da República pressionar pela aprovação rápida da matéria.
"O Congresso é soberano, tem autonomia, ele vota quando quiser votar", frisou Lula, depois de participar de evento de entrega de 416 apartamentos populares em Manguinhos, na zona norte do Rio.
"O que tinha que mandar, mandamos para o Congresso Nacional, agora o tempo é do Congresso Nacional, não é do presidente da República", acrescentou.
C/ o Valor on line

Cabo de guerra

Primeiro foi a oposição que disse que não votaria o orçamento da União para 2010 enquanto o governo não liberasse as emendas individuais previstas para este ano. Agora, é a base governista.
As emendas são verbas que os deputados anualmente destinam para obras em municípios que compõem sua base eleitoral. Às vésperas da eleição, viabilizá-las torna-se questão de vida ou morte.

A expectativa dos aliados é que até o fim do dia o governo libere tudo para que se consiga votar o orçamento, já que o recesso parlamentar começa amanhã.
“Se cuidar só da oposição e não der para a base, não passa o orçamento. Eles (o governo) vão tensionar, mas até meia-noite acabam liberando tudo. Isso é Nelson Rodrigues, é ‘A vida como ela é’”, justifica um peemedebista.
(Por Lauro Jardim/ Veja on line)

CPI da Pedofilia fez 61 sessões em 2009

A CPI da Pedofilia, presidida pelo senador capixaba Magno Malta ( PR), realizou 61 reuniões ordinárias, 103 depoimentos, 18 diligências em vários estados além apresentar vários projetos de lei, aprovados pelo plenário do Senado, destinados à proteção de crianças e adolescentes, em 2009.
Os dados foram divulgados nesta terça-feira (22) pelo senador Romeu Tuma (PTB-SP) vice presidente da CPI. Tuma disse que, após a instalação, a CPI da Pedofilia - que tem como relator o senador Demóstenes Torres (DEM-GO)-, recebeu muitas queixas de famílias que silenciaram sobre abuso de crianças e adolescentes, por dificuldade em encaminhar a ocorrência e até por vergonha.

- Hoje, isso acabou. Há uma porta aberta para vozes que podem ser ouvidas. O Ministério Público colabora bastante, bem como a polícia e os provedores de internet - afirmou.
C/ o Portal Senado

Votação do Orçamento volta a ser transferida

A reunião da Comissão Mista de Orçamento que votará o relatório final do Orçamento de 2010 – cujo início estava previsto para as 15 horas - foi transferida para as 16h30 ou logo após o término da sessão do Congresso que votará créditos adicionais.
C/ Agência Câmara
O Blog: Os parlamentares estão com medo de enfrentar a drástica redução de repasses para os seus estados.

Orçamento de 2010: ES pediu R$1 bi e receberá R$ 172 mi

O Espírito Santo sofre, neste fim de ano, um grande revés, graças ao descaso do Governo Lula.
Logo mais, a partir das 15 horas, em Brasília, será votado o Orçamento da União para 2010, que destinará ao Estado apenas R$ 172 milhões. Cerca de 20% do valor proposto pela bancada federal: R$ 1 bilhão ( veja post neste blog).
Essa situação exige da bancada capixaba no Congresso Nacional que informe à opinião pública sobre o que ocorreu. A Comissão Mista de Orçamento tem entre os titulares a deputada Rose de Freitas (PMDB)- que por várias vezes estrilou contra a condução dos trabalhos (veja neste blog)- e na suplência, o senador Renato Casagrande (PSB), envolvido nesta terça-feira (22) em prestar informações sobre a repercussão do Orçamento nas obras interditadas pelo TCU no Estado.
A omissão poderá custar votos aos deputados e senadores da bancada em 2010. Dificilmente o contribuinte capixaba aceitará a idéia da sua baixa avaliação pelo Governo. Afinal, a diferença entre R$ 1 bilhão e R$172 milhões é de quase 80%.

Transferida para as 15 horas votação do Orçamento

Foi transferida para as 15 h desta terça-feira (22) a votação da proposta orçamentária para 2010 na Comissão Mista de Orçamento. A discussão foi realizada na noite de ontem e só acabou por volta das 2 horas da manhã. Os parlamentares vão votar o texto básico, apresentado pelo relator-geral, deputado Magela (PT-DF), e os 286 destaques.

O texto básico recebeu 286 destaques, a maioria pede mais recursos para estados. O relator diz que será difícil atendê-los.

Durante a discussão Magela foi enfático em dizer que terá dificuldade para atender os destaques, em sua maioria apresentados pelas bancadas estaduais para garantir recursos para os estados. “A possibilidade de atendê-los é pequena, quase nula”, afirmou.

O deputado ainda tem algumas pendências para resolver antes da votação final no plenário do Congresso, que deve ocorrer também nesta terça. A principal delas é o aumento de recursos para o programa de Abastecimento Agroalimentar.
A bancada ruralista quer entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2,1 bilhões para garantia de preços mínimos, uma das ações do programa, já contemplado com R$ 6,2 bilhões.
.“Não temos como ir para o plenário [do Congresso] com essa questão aberta”, disse o líder do DEM na comissão, deputado Cláudio Cajado (BA), que recebeu o apoio do líder do PSDB, deputado Nárcio Rodrigues (MG). O deputado Magela se comprometeu a negociar a questão com o governo até a hora da votação.
C/ Agência Câmara

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Orçamento da União será votado ao meio-dia com 286 destaques

A Comissão Mista de Orçamento deverá votar ao meio-dia desta terça-feira (22), o parecer final do relator, deputado Magela (PT-DF), à proposta orçamentária para 2010. Foram apresentados 286 destaques ao texto. A comissão manteve obras da Petrobras na lista das que têm suspeitas de irregularidades graves.

O relatório do deputado Magela calcula que o investimento público em 2010 terá R$ 151,9 bilhões, o equivalente a 4,6% do PIB projetado pelo governo (R$ 3,32 trilhões).

As estatais responderão por 62% deste total (R$ 94,4 bilhões, contra R$ 79,9 bilhões autorizados para este ano). Dentro do orçamento fiscal e da seguridade, o montante de investimentos será de R$ 57,5 bilhões – contra R$ 54,5 bilhões previstos para 2009.

O PAC representa R$ 29,9 bilhões dos investimentos, contra R$ 27,9 bilhões autorizados para gastos este ano.

A despesa com servidores públicos (civis e militares, da ativa e inativos) soma R$ 183,7 bilhões, um crescimento de R$ 691,6 milhões em relação ao texto original encaminhado em agosto pelo Executivo. Para este ano, a dotação autorizada para gastos com pessoal é de R$ 169,1 bilhões. O aumento nominal entre 2009 e 2010 é portanto de 8,6%.

Magela confirmou o salário mínimo, que passa dos atuais R$ 465 para R$ 510. Para isso, reservou recursos de R$ 874 milhões na peça orçamentária do próximo ano. Conforme o relatório apresentado por Magela, serão destinados R$ 3,5 bilhões para o reajustes de benefícios de aposentados que ganham mais de um salário mínimo.

A comissão concluiu a votação da relação de obras com indícios de irregularidades graves, mantendo na lista o complexo petroquímico do Rio de Janeiro (Coperj), o que impossibilita o empreendimento de receber recursos novos em 2010.

O líder do PT na comissão, deputado Jilmar Tatto (SP), já adiantou que o governo vai tentar reverter as decisões sobre as obras da Petrobras no plenário do Congresso, durante a votação da proposta orçamentária. isso porque a comissão também decidiu manter na lista de obras irregulares a construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e a modernização da refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná.

Pouco antes da conclusão da votação, o coordenador do Comitê de Avaliação das Informações sobre Obras e Serviços com Indícios de Irregularidades Graves (COI), deputado Carlos Melles (DEM-MG), informou que a partir do dia 2 de fevereiro o colegiado vai se reunir para analisar a situação das obras impedidas de receber recursos.

Caso o Tribunal de Contas da União entenda que os órgãos públicos conseguiram resolver os problemas detectados, o comitê poderá sugerir ao Congresso que exclua os empreendimentos do anexo que contém as obras com indícios de irregularidades.

C/ a Câmara dos Deputados
O Blog: Terminou por volta das duas horas desta terça-feira a leitura do relatório do Orçamento 2010. Confira neste blog o prejuízo que o Espírito Santo levará com a votação deste Orçamento.

Mulher de Tigger Woods quer metade da fortuna e os filhos


A mulher do golfista Tiger Woods, a ex-modelo sueca Elin Nordegren, quer se divorciar do conhecido desportista, a quem pedirá 300 millões de dólares e a custódia total de seus filhos, segundo informa o 'New York Post'.
Nordegren contratou, segundo o diário novaiorquino, ao famoso advogado Sorrell Trope, (conhecido por defender a cantora Britney Spears na batalha judicial pela custódia de seus filhos ), para tentar conseguir a metade da fortuna que tem o golfista número um do mundo, calculada em 600 milhões de dólares.
A ex-modelo está decidida a conseguir o divórcio e ficar com a custódia dos meninos Sam, de dois anos, e Charlie, de 10 meses, já que segundo o jornal não acredita que Woods seja uma boa influência para seus filhos, não só por suas infidelidades, como também por ser viciado em sexo.
C/ El Mundo

Ibovespa: empresa de Eike e construtoras lideram em 2009

Enquanto as ações das duas maiores empresas da bolsa - Vale e Petrobrás- tiveram rentabilidade próxima à do Ibovespa, outras se destacaram a ponto de obter mais de 300% de valorização.
A recuperação econômica rendeu grandes resultados a papéis mais voláteis, dentre os quais se destacaram os de empresas do bilionário Eike Batista ou ligadas ao setor imobiliário
As cinco maiores rentabilidades do Ibovespa entre janeiro e 20 de dezembro foram: MMX Miner ON: 324,19% ; Duratex ON: 300,00%; Rossi Resid. ON: 284,89%; Gafisa ON: 158,33%; Cyrela Realt ON: 156,96%. Os resultados foram apresentados nesta segunda-feira (21) pelo portal Exame.

Royalties do petróleo: ES pode perder R$ 1,2 bilhão com rateio entre os estados

Pelo Twitter, fiz esta pergunta ao deputado estadual Cesar Colnago (PSDB) na noite desta segunda-feira (21):
"Qual é mesmo o prejuízo que o Espírito Santo leva com a "distribuição igualitária" dos royalties? Só vc falou nisso até agora."

Recebi esta resposta: " 1,2 bilhão/ano com base 500 barris/dia a 70 dólares receita fica em 800 milhões/ano. Pela concessão, Espírito Santo receberia 2 bilhões/ano."

O rateio igualitário entre os estados ( veja neste blog)- sem benefícios para os produtores como o Rio de Janeiro e Espírito Santo- é proposto na emenda que deverá ser votada em fevereiro pela Câmara, quando o Congresso voltar do recesso.

Como informa o deputado Colnago, o Espírito Santo terá reduzida drasticamente sua receita. O governador fluminense, Sérgio Cabral, calcula que, de imediato, o seu estado perderá 7 bilhões, se a partilha igualitária for aprovada em fevereiro.

Orçamento da União reduz 80% dos recursos do Espírito Santo

Nesta terça-feira (22), o Congresso Nacional deverá votar o Orçamento da União que reduz em mais de 80% os recursos federais destinados ao Espírito Santo, para investimentos em 2010.
Do total pedido pelos congressistas capixabas - atráves da apresentação de emendas de bancada - no valor de pouco mais de 1 bilhão, só R$ 172 milhões foram consignados na proposta final, menos do que o Estado recebeu do Governo Federal nos anos de 2007 e 2008.

Os cortes são explicados pelos próprios congressistas como resultado do aumento dos programas sociais do governo Lula. Para mantê-los, a União retira receita dos estados. Também justificariam os cortes, o inchaço da máquina pública e a criação de novos programas sociais, como o vale cultura e programas de redução de impostos para incentivar o consumo.

A União ainda tem dívidas passadas com o Estado. Dos R$ 168 milhões aprovados no orçamento deste ano, o Espírito Santo recebeu apenas 2,45%, cerca de R$ 4 milhões.

O Estado também espera receber valores aprovados nos orçamentos de 2007 e 2008. Dos R$ 242 milhões aprovados no orçamento de 2008, somente 0,95% foram empenhados, cerca de R$ 2 milhões. Em 2007 dos R$ 225 milhões aprovados, os capixabas só viram 7,25%, ou seja, R$ 16 milhões.

C/ a Agência Congresso

Voa João, voa

Fim de ano, época de festas em família, o prefeito de Vitória, João Coser (PT), reconhecido globe trotter, deve interromper a agenda internacional e permanecer na terrinha.
Sua cota de viagens ao exterior, em 2009, foi fechada há duas semanas com a ida a Lyon, na França. O prefeito, em 2007, também visitou Dunquerque, uma outra cidade francesa.
Este ano Coser também foi à Bélgica para encontrar Lula e apresentar um projeto portuário aos europeus.
Em 2008, Coser passou uma temporada na China tratando de negócios- que ainda deverão chegar a Vitória.
Em 2006, na Copa do Mundo, tirou licença para viagem à Suíça onde, segundo sites da internet, deveria visitar uma pessoa da família que lá estudava.

Lula admite vetar dispositivo do pré-sal que afete União

( Na foto: Lula com os governadores Hartung (ES), Cabral (RJ) e José Serra (SP) dos estados produtores do petróleo do pré-sal)

O presidente Lula admitiu nesta segunda-feira (21) a possibilidade de vetar dispositivos da regulamentação da exploração do pré-sal que contrariem os interesses da União.
"Teoricamente, o presidente da República pode vetar tudo. Esperamos aprovar algo que não precise de veto", disse.

Apesar do compromisso do presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), de que todos os projetos seriam votados antes do recesso, a obstrução da oposição e a dificuldade para aprovar o acordo do governo federal e governadores jogaram para o próximo ano a conclusão da votação.

Lula está convencido de que as regras para o pré-sal serão aprovadas "nos moldes do acordo dos governadores com os líderes". "O pré-sal é uma riqueza incomensurável. A proposta atual é boa. Atende a todos", afirmou.

Na expectativa do presidente, a votação na Câmara resultará em normas que interessam ao governo federal. "Não é o que interessa para o governo Lula, mas à Federação", acrescentou.. "Esperamos aprovar algo que não precise de veto do presidente", comentou.

Das propostas encaminhadas ao Congresso, somente a criação da nova estatal Petro-Sal foi aprovada. Em fevereiro, a Câmara conclui a votação do projeto de lei que define o modelo de partilha para a exploração do petróleo do pré-sal.

A votação não foi concluída devido ao impasse criado com a emenda dos deputados Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) e Humberto Souto (PPS-MG) que prevê a divisão igualitária entre Estados e municípios dos royalties do petróleo no mar. Os governadores do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), e do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), os dois maiores produtores de petróleo do País, se opõem à mudança proposta.
C/ portal Exame